Gestão Municipal celebrou, nesta quarta-feira (18), os dois anos de funcionamento da UPA 24 horas

Início Gestão Municipal celebrou, nesta quarta-feira (18), os dois anos de funcionamento da UPA 24 horas

Celebração Simbólica Aconteceu Na Própria Unidade

Representada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus realizou, nesta quarta-feira (18), na Unidade da UPA 24, uma celebração referente aos dois anos de funcionamento do local. Estiveram presentes no evento, o prefeito Genival Deolino, as vereadoras da base, Tia Adriana e Dalva Mercês, o secretário de saúde, Dr. Leonel Cafezeiro, o diretor operacional do ISAS, Adalberto Alcântara e a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Márcia Menezes.

Sempre preocupado com a melhoria na qualidade dos serviços de saúde, o prefeito Genival Deolino falou sobre a importância do UPA para o município. “Este equipamento é fundamental para o nosso município, por proporcionar um excelente atendimento, com profissionais capacitados. Por isso, seguimos investindo na parte física e nos equipamentos, queremos que a UPA 24 horas se torne uma referência a nível Bahia, e sei que estamos no caminho para isso, por isso, quero parabenizar toda a equipe pelo belíssimo trabalho”, discursou o gestor.

Ao todo, nos dois anos de funcionamento, foram mais de 70 mil atendimentos. O equipamento municipal segue recebendo melhorias físicas, através do investimento em equipamentos, a unidade está em fase de implantação de um Raio-X Digital de última geração, além de participar de programas importantes como o Telecardiologia do HCor, que representa, com excelência, um avanço na assistência médica cardiológica à distância, e da Vigilância Sentinela da Influenza, responsável pela testagem e notificação de casos suspeitos, sendo subsidiária de dados para investigação junto a Vigilância Epidemiológica (VIEP) municipal e estadual.

Para a gestora da UPA 24 horas, Gleice Aguiar, a unidade proporcionou um grande ganho para a comunidade. “A UPA tem uma importância muito grande por atender a média complexilidade, desafogando as unidades de saúde do município e também o Hospital Regional. Nós atendemos mais de 70 mil pessoas e temos uma taxa de resolutividade acima de 96%, ou seja, a maior parte dos pacientes que chegam na UPA, saem com a demanda resolvida. A parte que nós não conseguimos solucionar, nós conseguimos, através da regulação garantir a continuidade do cuidado para internação em serviços hospitalares de retaguarda”, explicou a profissional.

Tendo como compromisso capacitar o sistema de saúde municipal, a SMS segue investindo na estruturação da UPA, compreendendo o papel central da unidade na melhoria da entrega nos serviços de saúde para os munícipes.

Ascom PMSAJ

Compartilhar